Sobre Nós

Iniciativas

Impact Hubs

  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

Artigos

Entra em Contacto connosco!

  • ImpactAcademy

COMO FAZER UM PLANO PARA TE CANDIDATARES À AE

Após estabeleceres um grupo de trabalho e uma lista com a qual estás satisfeito e delineares por alto o teu plano de ação e os seus princípios estruturantes, é tempo de o divulgares à comunidade escolar.


Aquando a candidatura, é procedimento normal cada lista redigir um plano de ação ou manifesto, no qual deves resumir o que planeias fazer durante o ano letivo como AE e como propões levar esse plano a cabo. Para além de ser algo exigido formalmente e legalmente, podes e deves usar o plano como uma ferramenta para espalhar a tua mensagem e informar alunos, professores, funcionários, etc, de modo a que vejam a vossa proposta e lista como a mais indicada para ser eleita.


Passando, então, aos tópicos essenciais que devem constar do teu plano de candidatura:

1. Breve resumo de como sabem que a vossa lista pode contribuir para a melhoria do funcionamento do espaço escolar – É essencial enumerares uma projeção das medidas que pretendes implementar ao longo do ano, e organizá-las por ordem de urgência. Deves resolver primeiramente os maiores problemas que os alunos identificam na escola, e mostrar no plano essa preocupação e como se propõem a resolver a mesma.

2. O valor da tua lista para o aluno – É essencial demonstrar a todos, especialmente aos alunos, o porquê de se acharem capazes de assumir a responsabilidade da AE, de serem o primeiro recurso do aluno, em quem ele pode confiar e saber que os seus interesses são defendidos a 100 porcento.

3. Promete, mas responsavelmente– Por muita paixão e crença que tenhas na tua lista e no que podem vir a fazer, não te deixes levar e não percas a noção da realidade. É preferível garantires no plano medidas implementáveis e realistas, e até no final do ano concretizar muito mais, do que fazer promessas vagas que possam iludir os alunos. A Impact incentiva o sonho, e procura dar-te o apoio devido para o realizares como AE, mas nunca deves abusar das expectativas dos alunos, porque o teu compromisso é com eles, independentemente de seres eleito ou não.


Deverás redigir tudo em linguagem clara e simples, para que as tuas ideias sejam acessíveis a qualquer membro da comunidade, até porque o plano deve ser tudo menos uma formalidade de 30 páginas e pouco conteúdo real. Deve ser um documento de leitura apelativa para todos, mais novos e mais velhos, com segmentos adequados a cada grupo, ilustrativo das tuas propostas reais e tangíveis.